Há realmente especificidade no design para a sua regulamentação?

Autores

  • Marcelo Vianna Lacerda de Almeida

Palavras-chave:

Regulamentação da profissão, legitimação, campo do design, imagem, design gráfico

Resumo

A regulamentação da profissão do designer constitui antiga reivindicação destes profissionais. As diversas tentativas com vistas à regulamentação desde 1980 ainda não alcançaram o sucesso esperado. Pretendemos demonstrar que, embora seja alegada a falta de influência da classe profissional nas decisões dos representantes do poder legislativo, a real dificuldade de regulamentação da profissão advém da inexistência de uma definição objetiva da atividade do design que demonstre sua especificidade diante das demais profissões envolvidas com atividade projetual e de representação visual. Tal entendimento tem sido exaustivamente evidenciado pela pesquisa de pós-graduação em design, embora este saber jamais seja convocado a dar sua contribuição às discussões e aos projetos de lei.

Downloads

Publicado

2015-10-16

Edição

Seção

Artigos